Pesquisar este blog

terça-feira, 26 de janeiro de 2010

Aqui iriam atropelar os Beatles


Porto Alegre iniciou uma intensa campanha de respeito no trânsito partindo do básico: fazer os motoristas botocudos da Capital pararem na faixa. Ou seja,  vamos preservar o senhor pedestre. Tem até um site http://www.novosinal.com.br/  e durante o início da campanha, a coisa funcionou. Mas diminuíram os vídeos na tevê e rádio e tudo volta, pouco a pouco, ao velho status botocudo de antes.


Se os Beatles houvessem escolhido Porto Alegre para a famosa capa de seu derradeiro álbum - aquele onde atravessam pacificamente uma faixa de segurança -, na londrina Abbey Road, tenho lá minhas dúvidas sobre a manutenção da integridade física dos quatro cabeludos. Haveria um festival de pneus riscando o asfalto, impropérios seguidos de histérica saraivada de buzinas que, com certeza, determinariam uma nova idéia para a capa. Em outro local, é claro.  


Volta e meia assisto verdadeiros espetáculos de agilidade e elasticidade de pedestres no espaço daquelas fatídicas listas brancas. Por exemplo, diariamente cruzo a  faixa de segurança existente na saída do viaduto Loureiro da Silva no sentido Duque de Caxias. Preciso levantar o braço com determinação e cara de mau. Na tarde ontem, ao perceber a corajosa iniciativa de uma idosa, com as mãos ocupadas por sacolas e mesmo assim, decidida a enfrentar o desafio de chegar ao outro lado da calçada, resolvi ajudá-la. Ergui o braço e cruzamos a faixa. Só que naqueles tensos segundos, ouvimos todo o tipo de desaforo. “Quer matar tua véia?” ou “Vó, cuida desse débil mental!”

 

Esta explosão de intolerância e estupidez, evidencia o baixo nível de muitos condutores de veículos da capital gaúcha.  Até ser modelo para inglês ver, serão necessários mais alguns anos. Preparar os futuros motoristas. A turma atual para. Mas na base da multa, da intimidação. Agora, em dias de Fórum Mundial Social, de repente um estrangeiro pode colocar seu pé na faixa e virar estatística de atropelamento, não ideológico, é claro. Simplesmente,  pura falta de educação.Por enquanto, como cantariam os quatro cabeludos de Liverpool, continuamos mais na base do Help! Ainda longe do Give Peace A Chance.

Um comentário:

Tárik disse...

já pensou que os quatro cabeludos cantariam run for your life, e iam ficar na espera de all you neeed is love